Como configurar WordPress corretamente #02

Como configurar WordPress corretamente #02

Dando sequência a nossa série, neste post 2 eu vou dá dicas simples de como configurar seu WordPress da forma mais adequada após a instalação. Logo abaixo tem um link para o post 1 e se você ainda não leu é muito importante que você leia-o antes de ler este, porque seguindo a sequência você entenderá bem melhor o que mostrarei aqui.

TODOS OS POSTS DESTA SÉRIE

CONHECENDO UM POUCO SOBRE O WORDPRESS

A maioria dos blogueiros, pessoas que trabalham como afiliados de infoprodutos e os próprios produtores de cursos no Brasil usam WordPress para gerir seus sites, áreas de membros e afins. E é muito compreensivo isso, já que o WP é uma plataforma de publicação de conteúdo bastante intuitiva para o usuário final além de inúmeras outras vantagens como a diversidade enorme de plugins que dá pra fazer praticamente tudo nesta plataforma. Pra você ter uma ideia, pesquisas apontam que mais de 82% dos sites ao redor do mundo utilizam este CMS, sendo assim não há duvidas de que estamos usando o melhor. :)

ATENÇÃO: Se você vai aplicar as alterações a seguir em um site que já tem conteúdo e já está online, é muito importante que antes de fazer essas mudanças, você faça um BACKUP DOS ARQUIVOS E BANCO DE DADOS do site para garantir que possa reverter os arquivos em caso de algo dá errado.

Assista agora o vídeo onde abordo o passo a passo básico na área de administração do WP que irá diminuir os riscos de ataque e até algumas mudanças fáceis (mas muitas pessoas esquecem de fazer) que vai te ajudar com o SEO do seu site. A mudança do usuário admin padrão deixei para o post 3 para que esse vídeo não ficasse tão longo:

ALGUMAS OBSERVAÇÕES SOBRE O VÍDEO

Hello World indexado no googleResolví falar sobre a exclusão da página e post de exemplo porque corriqueiramente vejo estas páginas sem utilidade indexadas no Google, experimente fazer uma busca por: “Welcome to WordPress. This is your first post.” sem aspas e surpreenda-se com a quantidade de sites que tem o famoso post padrão “Hello World!” indexado porque o dono esqueceu de apagá-lo. :P

Surge com frequência novas brechas para ataques através de versões desatualizadas de temas, plugins e até mesmo no próprio core do WordPress, logo os hackers exploram bastante essas vulnerabilidades e por isso é imprescindível que você deixe instalado apenas o tema e os plugins que você vai realmente usar, além de mantê-los sempre atualizados juntamente com o WP.

Te espero no post 3 desta série que na minha opinião é a postagem mais importante porque vou falar sobre como criar um usuário admin do site que seja forte e não use o default do WP como todos fazem e apenas com as mudanças simples que vou te mostrar, você já estará no mínimo 50% mais protegido contra hackers que descobrem o usuário e invadem o site. Até lá!

Compartilhe este post

Comentário (1)

  • Rui Reply

    Obrigado Gilvan. Gostei da dica de excluir temas e plugins que não estão sendo utilizados… fiz a limpa. Obrigado

    10 de abril de 2016 at 16:31

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 9 =